telefone48 3034.2009

Blog

ADOLECENTES TEM PERGUNTAS01

ADOLESCENTES TAMBÉM TÊM PERGUNTAS QUE PRECISAM DE RESPOSTAS!

Escrito por Colégio CEB

Pesquisas indicam que uma criança até os 9-10 anos de idade, fazem, em média, 300 perguntas por dia. Grande parte delas, é dirigida aos pais ou pessoas mais próximas, no ambiente familiar e outro tanto fica a cargo dos educadores responderem na escola.

Em geral, tanto os pais e responsáveis quanto os educadores têm muito prazer em responder aos questionamentos dos pequenos, contribuindo para sua construção como ser social. Das pequenas às grandes questões, tudo é novo para eles e merece uma resposta que satisfaça a sua curiosidade.

Mas, e depois dos 10 anos, quantas perguntas os pré-adolescentes ou os adolescentes continuam a manter em sua cabeça? Quantas delas têm sido respondidas por esses mesmos pais ou educadores?

Ao pesquisar sobre o assunto me deparei com uma triste realidade: Não existem pesquisas, estatísticas sobre isso e, para além da falta de dados, a realidade mais gritante é que a sociedade não se apercebe, mas ninguém responde as dúvidas dos adolescentes abertamente.

Achamos que, aos 10, 12 anos, eles já estão prontos para se virarem sozinhos. Acreditamos que eles é quem devem tomar a iniciativa de perguntar, e, se não perguntam é porque já sabem.

É aqui, nessa interseção infância – adolescência, que os adultos se perdem deles, se afastam, deixam de ser os “sabe-tudo”, para os quais sempre valia a pena perguntar sobre qualquer coisa. Envoltos em medos e inseguranças, muitos pais e responsáveis delegam veladamente à internet ou aos colegas dos filhos (igualmente cheios de interrogações e dúvidas), a responsabilidade de continuar respondendo às suas indagações.

E eles, com certeza, encontrarão suas respostas! Mas, serão elas as que os levarão às melhores escolhas para a vida? Serão elas que os ensinarão aquilo que eles realmente precisam saber?

Precisamos retomar o diálogo com nossos adolescentes e redescobrir o encantamento que sentíamos quando mostrávamos a eles pequenos as novidades do mundo; saciar suas curiosidades de maneira leve e agradável; mostrar que existem bem e mal, boas e más escolhas. Que a internet tem, sim, muitas respostas e possibilidades, mas nada melhor do que o olho no olho, o estar perto.

Com calma e persistência, todos têm condições de criar os momentos e as oportunidades para refazer o caminho.

Mais do que impor qualquer coisa aos adolescentes, o que eles mais precisam é ouvir de nós:

“- Eu estou aqui”.

“- Conte comigo sempre”.

“- Se eu não souber como te ajudar, vamos procurar a solução juntos”.

Pense nisso!

Escrito por Sara Lara – Professora do LIV no Ensino Fundamental II.

Outros posts

CAPA BLOG

Educar: parceria é fundamental

O processo de aquisição da aprendizagem é individual e, portanto, as respostas aos estímulos recebidos são específicas, de...

Mais detalhes
CAPA BLOG

A importância dos projetos na ação educativa

A importância dos projetos na ação educativa     Proporcionar oportunidades reais para que os alunos vivenciem e/ou solucionem...

Mais detalhes
CAPA BLOG

Sejam bem-vindos ao mundo da Ginástica Rítmica

Houve um tempo, em que a Ginástica Rítmica era um esporte reconhecido apenas pelas lentes midiáticas e acontecia fora do alcance...

Mais detalhes
CAPA BLOG - MES DE FERIAS

Mês de férias: momento para criar novas resoluções para um novo ano

Início de ano novo sempre é um período propício a novas reflexões e importante para traçar novas metas para os próximos...

Mais detalhes